Arquivo | agosto 2018

Desodorante sem alumínio!

O desodorante da la Roche é livre de alumínio!!! A intoxicação por metais pesados acontece por diversas formas e podem gerar muitos problemas à saúde . Falo do hipotireoidismo que aparece com a idade . Piora as enxaquecas . Contribui para o Mal de Alzheimer e outras doenças neurológicas associadas ao acúmulo de metais . Cuidado: O peixe de água doce, no Brasil, também tem uma quantidade enorme de alumínio … então prefira o peixe de água salgada . A ingestão da maçã pela presença da pectina é um potente anti-oxidante . Ajuda aliviar os danos causados pelo alumínio e absorve menor quantidade de toxinas.

Foto de Cliníca de Dermatologia e Estética Dra Iana Simão.

Moda e tecnologia: impressão 3D

 

 

Diante de uma sociedade dominada pela tecnologia, a impressão 3D vem provocando uma revolução na medicina, na educação, no mercado imobiliário e no entendimento de como um produto deve ser feito. Apesar de ainda estar longe de alcançar a sua plena maturidade, é nítido que as impressoras tridimensionais vem conquistando espaço e se fazendo presente na indústria de inovações. E a moda, por sua vez, cada dia mais alinhada à tecnologia, não está ficando para trás quando o assunto é se adaptar a esse novo momento.

Uma nova geração de designers especializados em tecnologia vem fazendo um trabalho surpreendente ao produzir roupas a partir da impressora 3D. O processo custa caro, pode levar 100 horas para uma única peça ficar pronta e costuma resultar em roupas com uma estética semelhante pois a máquina ainda aceita uma pequena variedade de materiais. Entretanto, sendo um futuro aliado da sustentabilidade, esse método contém o desperdício já que só é injetado na impressora a quantidade necessária para aquilo que será feito. Esse novo experimento promete causar mudanças em todo o sistema de trabalho mas, enquanto isso ainda não acontece, confira os nomes de quem já se arrisca:

Para produzir as suas peças, a espanhola Zer Collection usa o filaflex, um dos materiais mais adorados quando o assunto é impressão 3D. A dupla a frente da marca, Ane Castro Sudupe e Núria Costa Ginjaume, produzem digitalmente até mesmo o zíper. Danit Peleg, por sua vez, uma das principais referências desse método, faz jaquetas que podem custar US$1500. A israelense promove workshops e palestras ao redor do mundo para ensinar sua técnica. E a gigante Nike também não está ficando de fora! A empresa produziu um tênis, batizado de “Flyprint”, a partir de uma impressão de alto desempenho.
A Nervous System, estúdio americano de design generativo, faz de tudo um pouco com a impressora tridimensional. Os acessórios são um dos principais sucessos da dupla Jessica Rosenkrantz e Jesse Louis-Rosenberg, especialistas em ciência e mentes a frente da empresa. Iris Van Herpen, por sua vez, é uma das mais talentosas designers de sua geração e uma das grandes pioneiras da impressão 3D. A holandesa colabora com cientistas, arquitetos e estudiosos a cada construção de uma nova coleção e as suas peças estão na lista das 50 melhores invenções pela revista americana Time. Iris já fez desfiles na Paris Fashion Week e, cada vez mais, aparece nos red carpets.

Moda e tecnologia: um encontro que já é presente.

Fonte:Letícia Santana